31 de maio de 2016

Reflexos!


O mundo ao nosso redor não passa de ser um reflexo, espelho que mostra quanto aquilo que somos. O que vimos de bom nos outros, logo copiamos para nós porque é bom, quanto aos defeitos não são de nossa conta, acabamos por passar ao lado.
Temos que reconhecer algo passando a o conhecer, devido que as potencialidades que vimos nos outros pelos reflexos do espelho, são bem possíveis para nós.
A beleza estampada nos rostos dos outros poderá também ser a nossa desde que a olhamos com olhos de ver. Dando ao próximo estaremos a doar a nós próprios, admirando a criatividade do alheio, de certa forma nos faz mais criativos, amar o próximo estaremos nos amando propriamente, compreender os outros estaremos a ser compreendidos, ouvindo a voz deles seremos também ouvidos, ensinemos e de seguida estaremos num processo de aprendizagem.
Olhando no espelho o nosso melhor ângulo, ficaremos felizes com o que os reflexos que vamos dando aos outros, de certa forma se olharmos com orgulho a imagem reflectida no espelho da Vida, prosseguiremos sempre na senda do sucesso para o mundo ao nosso redor, sendo assim sorria para o espelho da Vida!
Penso que muitas pessoas que ao olhando para a Vida através do reflexo de um espelho e quando se dão conta tardiamente que a sua Felicidade estava muito perto do que elas supostamente pensavam. ..
Também existem pessoas que se entregam com manias de sofrimentos, mania da perseguição continua, acabam por esquecer de construir as suas próprias vidas. ..
Por outro lado ainda existe as que se permitam serem felizes porque sempre existirá algo que as outras farão por elas antes de se darem a esse direito. ..
Uma coisa é certa, antes de olharmos o grelho no olho do outro, dê conta que o Tempo passa e a Vida não espera!
Libertemos do casulo do medo, e demos asas aos sonhos aproveitando a metamorfose da Vida!
Permita-se a Viver e ser realmente Feliz por tudo o que faz e dando reflexos seguros das suas conquistas, não se menosprezando pelas consequências da vivência passada, esquecendo assim dos reflexos das conquistas alheias.

by mghorta


Sem comentários:

Enviar um comentário