10 de maio de 2015

Perdi...



De tudo e de todos, por onde passei e segui, hoje dou  comigo a fazer contas às marcas dos tombos que levei pela vida.

Perdi tempo tentando querendo ser o que outros desejariam que fosse, neste trajecto perdi sonhos que apenas eu sei.

Com que sentido?

Por fim e por nada, tudo que fiz foi vão, não me surpreendi, apenas perdi, fiquei frio, caí na obscuridade da vida, na solidão fiquei vazio.

Já tentei fazer contas ao que perdi, tentei mas caí na mentira, talvez seja melhor aproveitar o que tenho em mãos, olhar de frente e conquistar o que me resta, amizade e o carinho de tomar um café com alguém donde nada me prometeu mas tenho a certeza de que não sairei magoado.

by mghorta





Sem comentários:

Enviar um comentário