27 de maio de 2015

Fado!



Com os seus olhares aveludados,
cruelmente incendiava corações,
seus seios hirtos como brasões.
onde tudo embolava em pecado.

Elegante, esbelta e porte moldurado,
nas rendas saliência de contornos,
seios simples, largos e mornos,
inebria com seu corpo perfumado.

No entanto tal como o Fado,
moldado pela natureza escrita,
esta mulher de beleza ímpar,
tonou-se pecadora vil, é o Fado!

by mghorta


Sem comentários:

Enviar um comentário