6 de março de 2017

Identidade!

Este desespero que respiro
tem identidade,
a intranquilidade que me abraça 
tem identidade,
esta tempestade que me beija
tem identidade,
este desassossego que me fala
tem identidade,
esta crueldade que me silencia
tem identidade,
estes tumultos que me apavoram
tem identidade,
todos os sonhos sonhados
e os que ficaram por sonhar
tem identidade,
poderia desbravar teu coração
com todo o tempo que a alma
me concedeu debaixo dos
momentos compartilhados,
mas nossas identidades
por muitos tumultos vividos
jamais poderão ficar juntos.

by mghorta

Sem comentários:

Enviar um comentário