25 de março de 2017

Calorosos Momentos.


Na ponta dos meus dedos
o anseio era tanto em te tocar
que o medo tomava conta,
o momento era aquele 
que mais pedia que acontecesse,
deslizando suave ao ponto de levar
avante um caloroso acto,
acto de que o arrependimento
não tivesse lugar e prosseguirmos
com beijos,
caricias e apertos,
vontade de te desnudar
desconcertante momento 
para te deixar louca.

Na ponta dos meus dedos
o calor era tanto
que o fogo tomava lugar
querendo te invadir por completo
olhando nos teus olhos o desejo
de calorosos momentos,
gostaria te ordenar
ajoelhando-me
ao ponto de incendiar
esse corpo de mulher
como que jorrar lavas
de gozo, 
de luxuria, 
de satisfação.

Simplesmente 
e medrosamente
meus dedos tocaram
leve o pecado,
o resultado perdurará
nos calorosos momentos
em que esquecemos tudo
e na frente loucos
de gozo culminaremos
esquecendo tudo
na plenitude do prazer.


by mghorta  (mamas à solta)


Sem comentários:

Enviar um comentário