27 de julho de 2016

Fronteiras!


O amor não tem fronteiras,
imaginar e explicar é dicionário,
mas como tudo tem explicação,
se existe vazios sem razão,
estou cansado de ser iludido,
meu ser e meu modo de estar,
só encontra fim quando te encontrar.

Se estás sozinha e com medo de sonhar,
o amor não tem fronteiras e isso posso afirmar,
se esperas estar a meu lado,
não seja o acaso a tomar conta do sonho,
deixa-te princesa minha de sonhar.

Foi na Internet que te encontrei,
vieste de mansinho e eu me entreguei,
sabia que não podias falar,
mas foste tu que obrigas-te a declarar,
dizias-te apaixonada e disposta a entrega,
não vou pensar duas vezes, quero te encontrar.

Hoje até os dias são difíceis,
saudade, carinho e até do beijar,
pior que tudo é não ser fácil de aceitar,
enfrentamos a distância e estatutos,
no entanto e na simplicidade
espero dar conta do recado.

O amor não tem fronteiras,
de certezas os sonhos falam,
que na verdade somos dois apaixonados.

by mghorta (citando by mghorta)


4 comentários:

  1. Encontrei este espaço e fiquei deslumbrada com a beleza e profundidade dos poemas.
    São realmente lindos! Abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado por me visitar,
      vou voltar breve com apontamentos já rescunhados.

      Abraço

      Eliminar
  2. Encontrei este espaço e fiquei deslumbrada com a beleza e profundidade dos poemas.
    São realmente lindos! Abraços.

    ResponderEliminar