10 de abril de 2016

Por Morrer uma Andorinha!


O que te fizer feliz, não seja uma habituação para ti, revolte-se as vezes que for necessário.
As esperanças de seu coração devem alagadas, não se afogue mantendo-se à tona das águas.
Voltar as vezes que forem preciso, regresse!
Se precisar de seguir, aperceba-se disso e siga! 
Comece de novo quando perceber que errou!
Prossiga seus trilhos quando tudo estiver a dar certo!
Mate saudades quando as sentir!
Não se perca quando perdeu um amor! (já dizia o poeta: 'por morrer uma andorinha. ..')
Ganhe forças e segure-o quando encontrar esse Amor!

by mghorta 


Sem comentários:

Enviar um comentário