21 de fevereiro de 2016

Por Andas Tu !


Por falar em saudade
onde andas tu
onde andam teus olhos
que eu não vejo mais
onde anda esse corpo
que me deixou morto
de tanto prazer.

Não falo de beleza
porque foste uma canção
que ouvi de noite e dia
nos caminhos que trilhamos
onde a gente se amava
tentando esquecer a solidão.

Hoje não saio à noite
não faço boémia
mas nas paredes deste quarto
vejo tua presença
apesar dos pesares
recordo-te a todo o momento.

Falando de paixão
é a razão de nosso viver
bem podias aparecer de novo
nos lugares que foram nossos
dia ou noite fomos nós
por onde andas tu então!

by mghorta  (citando Vinicius)


Amor é como Erva...


O amor é como erva:
planta-se, cultiva-se, espera-se que cresça, 
depois vem uma vaca e acaba com tudo.

by mghorta 


Faces de Moeda


Não me julgues, nem tão pouco analises a minha Vida, não meças meu carácter! 
Se vais tentar julgar-me, calça teus sapatos e percorre o caminho que caminhei em toda a minha Vida, vive as tristezas que amargam meu coração, sobrevive às minhas dúvidas, ultrapassa os meus sofrimentos, regozija às minhas alegrias.
Entende meus pontos de vista, sente o que sentiu meu coração, entra no meu cérebro e compreende minha racionalidade, enxerga as minha motivações.
Tropeça nos meus erros, levanta-te, tropeça de novo, sofre o que sofri e levanta-te novamente!
Então, talvez entendas que cada um tem a sua história de Vida.
Entende que não existem regras, se tem certo e errado, também poderá ter nem certo nem errado, apenas existe consequência existencial. 
Percebe que até a própria  moeda tem duas faces, essa mesma moeda percorre uma eternidade de mãos em mãos, e nem sempre uma face é certa e outra errada.
Todos tem suas motivações, seus actos, sua fé, seus impulsos, seus sentimentos e suas verdades. 
Não julgues em vão, nunca sabemos o facto que ninguém sabe qual o trilho que sua vida foi, ou até mesmo ainda será, porque o futuro, esse não nos pertence.
Guarda o teu julgamento para ti, '' que atire a primeira pedra aquele que nunca tiver errado.''

by mghorta