26 de janeiro de 2016

Quando!


Quando sentires vontade de chorar, não chores
Chama-me que eu choro por ti.

Quando quiseres sorrir, me avisa
Eu irei sorrir junto contigo.

Quando tiveres vontade de amar, clama por mim
Eu irei aprender amar-te.

Quando pensares que tudo acabou, chama-me
Eu irei reconstruir tudo de novo contigo. 

Quando pensares que o mundo é pequeno para tuas tristezas
Eu farei um pequeno jardim para tua felicidade.

Quando precisares de uma mão, chama-me
Eu te darei as duas para sempre.

Quando precisares de companhia, nos dias tristes e chuvosos
Ou nos dias ensolarados, eu irei até ti.

Quando tiveres precisando ouvir: EU TE AMO!
Chama-me que eu repito de hora a hora.

O meu amor é enorme
e quando precisares mais de mim, avisa-me
que eu simplesmente irei ter contigo pensando sempre em ti.

by mghorta


Amor sem Rosto...


O Amor não tem rosto,
perco em tuas entranhas
a razão de o amor não ter rosto,
é se perdermos entranhados
na entrega frenética de corpos,
explosão contínua do êxtase,
perfeita sintonia do nosso orgasmo,
solto meu sémen como gotas de gozo
invadindo com meu néctar em ti Vida.

(citando mghorta)

9 de janeiro de 2016

Justo Pecador!


Caminho perdido em florestas,
campos de sombras e ilusões,
guiado por sonhos de Amor,
onde paira o ódio do abandono,
anjos me tentaram salvar,
mas não passo de um justo pecador,
tal como Quixote procurando seu Amor.
Além de pecador sou o que quero ser,
justo, sábio e de espírito aberto,
aguardando pelo momento salvador,
arranjando forças para não temer,
o futuro infernizado e tenebroso,
porque não passo de um justo pecador.
Nada escondo de mim,
sou aquilo que vós vêem, 
sou o que sempre quis,
voltaria a repetir tudo de uma só vez,
caindo e erguendo pela Dulcineia,
cavalgo erguido entre moinhos,
bato em quem me odeia,
assumo o pecado,
mas nos trilhos da diferença,
imperfeito e pecado,
não passo de um justo pecador,
tudo isto para dizer,
que não desisto facilmente de um Amor.

by mghorta  (Justo Pecador)


Amor Impossível!


Imagino,
crendo,
acreditando,
inventando e reinventando nossos abraços,
abraços e amassos pelos lugares solitários,
nosso beijar,
nossos beijos,
recolho cada momento
querendo absorver 
e guardar todos os desejos,
cada desejo mais intenso o querer.
Até quando a hora será nossa?

Até quando o impossível vira momento?
Endoideço só de pensar o que perdemos,
no resto que temos para viver,
nos momentos que temos para reviver,
aquecer, explodir e fundir nossos corpos,
toques, colo com misturas inusitadas,
clamando os nossos corpos,
revirando as nossas histórias,
esta espera me embriaga a alma imaginando.

by mghorta


7 de janeiro de 2016

Chama-me!


Chama-me que eu vou,
faz de mim teu homem,
faz-me teu escravo de Amor,
desfaço-me e esqueço a dor,
perco-me na tua tentação
querendo toda tua atenção,
amenizando a minha tesão,
conferindo de perto
de como é bom a sensação
de ter em mim as tuas mãos.

by mghorta


Saudade!


Saudade me falou hoje,
nada mais me faria tão bem
estares estatelada a meu lado.
Nada e ninguém
me faria ficar tão bem
como tu e tuas transparências.

by mghorta


3 de janeiro de 2016

Às 4 da Madrugada!



Já passava das 4 da manha, mas não é tarde,
sinto que não é, estou acordado,
pensar em ti, muito mesmo sem o querer,
que coisa mais complicada...
Estou a navegar, nas nuvens nos satélites,
nas estrelas, nos meus sonhos.
Estou a navegar na minha imaginação,
navegar na tua silhueta,
navegar na tua beleza, 
navegar nos teus sorrisos,
no teu esplendor e teu semblante.
Aqui estou na net a navegar à tua procura,
acreditando que te vejo sem te vendo,
que te ouço sem ouvir,
puxando pela imaginação,
quero estar perto de ti sem aqui estares...
Meus pensamentos me atraiçoam,
eu atraiçoo os meus pensamentos
e eles vão submetendo-se a mim,
aos meus desejos à minha imaginação...
Com eles sinto-me aqui, bem perto de mim,
ouvir-te, ver-te, olhar-te e quem diria a tocar-te...
É assim o meu navegar, o meu navegar na noite,
noite profunda, já passava das 4 da manha!
Tremo, vibro, arrepio-me, seguro-te,
largo-te e seguro-te novamente,
é assim os meus pensamentos envoltos em beijos e caricias.
no meio de nossas bocas que se procuram,
que se desejam, que tremem, 
que enlouquecem e se alegram...
Meus beijos te procuram desenfreadamente,
sem tino, sem controle, com loucura,
procurando pela doçura dos teus beijos...
Um beijo, muitos beijos, 
beijos loucos como só os loucos sabem beijar...
Adormeci a navegar, assim viajei pela net,
porque tu existes e cruzaste-te no meu sonho,
porque estás perto de mim e eu de ti,
porque gosto de beijar a qualquer hora,
e tudo isto já passava das 4 da manha..

by mghorta



Contigo...


Contigo no meu canto eu respiro.
Contigo a meu lado eu esquento.
Contigo eu vivo pertinho.
Sem ti eu vou morrendo...

by mghorta


Prefiro Morrer.


Não me procures mais,
sei como viver sozinho,
cansei de ser humilde,
hoje em diante vou viver o Pecado,
valeu a pena conhecer conhecê-lo (o pecado).

Viver assim é vida que não escolhi,
ser otário ou escravo de caprichos,
decidi viver outra vida onde Não Tens Lugar.

Com o tempo tudo muda,
valores e amores esquecem-se,
não volto ao mesmo estado que vivi,
prefiro Morrer que regressar ao passado.

by mghorta