16 de novembro de 2015

Banho de Espuma.


Completamente nua, entraste na banheira e deitas-te por cima de mim, nossos corpos se uniram e se enrolaram num frenético jogo de sedução, emergidos em água tépida banhados em espuma.
Nos beijamos, nos acariciamos, tão juntos e próximos que parecíamos amarrados um ao outro.
Nossas mãos passeiam os corpos ávidos de tesão, coxas, seios e lugares profanos, como que se colocasse a nu nossos segredos, e deles imediatamente surgisse nossas vontades loucas.
Nossas sedes, um pelo outro, era enorme que nos entregamos com volúpia, demoradamente nos satisfizermos as nossas carências.
Num ápice, fomos tomados por um orgasmo maravilhoso e depois ficamos mergulhados em carinhos por  momentos, para que de seguida prosseguíssemos no nosso jogo amoroso.

by mghorta

Sem comentários:

Enviar um comentário