21 de novembro de 2015

Deixa-me. ..




Deixa-me alimentar das tuas fantasias,
deixa-me montar a mulher que há em ti,
quero simplesmente te possuir por inteira.

by mghorta  (Fonte)


20 de novembro de 2015

Estes Foram os Melhores Dias.


Tua Mão!


Tua mão, sim tua mão, coloca-a em mim redesenhando desenhos como rotas marítimas, oscilando-a como escrevesses poesia tal como as ondas subindo e descendo na minha carne ansiosa de tua mão.
Tua mão desconjuntando certezas de momentos, desencontros e tristezas dos que não tiveram lugar.
Tua mão tão própria em qualquer lugar no meu corpo, assim como deixando opção de não caber em mim como que se desfazendo de saudades.
Tua mão tão própria desarticulando horizontes, inventando trajectos e pousando tacitamente em todo o lugar.
Tua mão tão certa, segura, como ladrão invadindo solo (corpo) pilhando e desconcertada-mente ocupando espaços. .. 
Tua mão serena, submissa, atrevida, ávida, curiosa, obstinada no meu corpo como querendo colo em qualquer lugar, espaço até momentos como querendo descrevendo histórias. ..
Tua mão surda, muda e intencionalmente sem futuro, cedo ou tarde talvez amanhã eu preciso efetivamente de tua mão.

by mghorta


Faz Amor Comigo. ..


Faz amor comigo
bem devagar
faz com carinho
como uma menina
querendo amar. ..
Prometo-te corresponder
fazendo bem devagar,
saboreando-te cada milímetro de ti.

by mghorta  (Fonte)


19 de novembro de 2015

Justiça e Fraternidade!


Num breve momento lá em cima se zangam
deuses e astros ficam ambíguos reparando
no que os poetas escreveram se contradiziam. .. 

O mundo não avança nem se transpõe
na Justiça e na Fraternidade e assim
que possa ser visto pelo olhar de uma criança. ..


De mixordiapoetica

Chegar a Casa.


Milagre foi te conhecer,
um presente e uma bênção. ..

Uma esperança um dilema
conhecer-te meu amor. ..

Foi um virar de página,
remexeu dentro de mim
ao ponto de mudar minha vida. ..

Conhecer-te foi enlouquecer,
sonhar os sonhos mais belos
foi um acreditar na vida. ..

Conhecer-te meu amor,
foi ter a firme certeza
de um chegar a casa. ..

by mghorta 


Visões!



Não deixou de ser simples visão
daquelas visões amenas
que aos infelizes deu cabo da mente
ficam vivas e animadas
iluminadas e esperançadas
celestiais e matizadas
uma vez dissipadas
restam uma leve lembrança
que raízes solidamente ficaram!

by mghorta (citando by mghorta)


Saberei Eu Seduzir?


Não saberei eu te seduzir,
seria efémero em demasia,
comum ou talvez banal,
preferia te adentrar,
por cantos e becos,
ruelas sem saída,
onde caminhas e corres,
ruas e vielas que encostas,
até eu, eu saber. ..
saber te seduzir!

by mghorta


Desejos Nocturnos!


Se pudesses estar aqui agora,
nesta hora e momento,
perceberias quanto te pertenço,
que somente tenho desejos de ti,
nesta minha excitação,
te acolheria com coração,
com muita força e carinho,
te amaria de alma e corpo,
seríamos amantes e cúmplices,
no pleno te cobriria de beijos,
até chegar a madrugada,
amando-te sem cansaço,
entregue em ti,
abraçados com força,
transportando este amor
no tempo e no espaço.

by mghorta   (Desejos Nocturnos)


Hoje. ..


É dia de ligar,
é dia de ouvir,
é dia de recordar,
é dia de saudades,
é dia de perdoar,
é dia de esqueceres tudo!

by mghorta 

18 de novembro de 2015

Tramas do Coração.


Caminho de lado para lado,
numa corrida que só reflectem
indecisões do meu pensamento
clamando atitudes claras e firmes
onde o sentimento fala a uma só voz
como calando a vontade de continuar,
magoado, indeciso e irrequieto
falo de mim para mim
o que for será,
talvez o futuro traga solução
sabendo de antemão que quem
resolve as tramas da vida é o coração.

by mghorta

17 de novembro de 2015

Felizes por Instantes. ..


O amor tem tanto de sagrado como profano,
tal como o sexo é santo como sacia,
o suor de nossos poros salgam como água,
nossos pêlos são êxtase total em plena erupção. ..

Dia ou de noite,
momento ou qualquer lugar, 
posição ou jeito ele é feroz,
quando nossos corpos aquecem. ..

Num momento somos um só corpo,
boca,
pele,
pêlos,
língua ou boca,
órgãos,
entrega tal que o Santo e o pecado moram juntos. ..

Mãos suadas passeiam os corpos,
não falam nem segredam,
desvendam apenas o nosso pudor,
faz soltar a ferocidade animal que mora em nós. ..

Quando eu e tu somos Uno,
da escuridão faz-se Luz,
amanhece com festa,
hálito's ofegantes,
Sol alto e quente,
despidos de preconceitos,
somos felizes por instantes. ..

by mghorta (citando by mghorta)





De Preto e branco

16 de novembro de 2015

Meretriz!


Na tua sublime pose Fulana,
deusa que pousas em mim,
serpente das ruas,
toma-me e possui-me!
O mestre oculto satânico
prospera no lodo da vida, 
pisa com o pé aqui e acolá
mesmo em meu coração Profano.
Na mancha de tua sujeira,
Fulana sou tua vergonha,
rabiscas nomes na vida,
acalentas com elas a Besta.
Com o suor de teus actos,
cospes em mim escarlate,
saídas de tua boca Meretriz.
Jorrando na ocasião,
com tua urina quente
untas meu corpo profano,
deixando-me no abismo
quando de mim te soltaste!

by mghorta

Banho de Espuma.


Completamente nua, entraste na banheira e deitas-te por cima de mim, nossos corpos se uniram e se enrolaram num frenético jogo de sedução, emergidos em água tépida banhados em espuma.
Nos beijamos, nos acariciamos, tão juntos e próximos que parecíamos amarrados um ao outro.
Nossas mãos passeiam os corpos ávidos de tesão, coxas, seios e lugares profanos, como que se colocasse a nu nossos segredos, e deles imediatamente surgisse nossas vontades loucas.
Nossas sedes, um pelo outro, era enorme que nos entregamos com volúpia, demoradamente nos satisfizermos as nossas carências.
Num ápice, fomos tomados por um orgasmo maravilhoso e depois ficamos mergulhados em carinhos por  momentos, para que de seguida prosseguíssemos no nosso jogo amoroso.

by mghorta

Farrapos.


Clamo a Ele e suscito;
''porque me podas-te as asas,
retalhaste-me as pernas,
que pretendes deste ser menor,
sentenciado pela distância,
tenho as mãos vazias,
mente entorpecida,
corpo crivado de espinhos,
pelo mundo que me viu nascer,
basta-me agora clamar,
murmurar por misericórdia,
sem lamurias,
prontamente na tua fronte,
despojarei em farrapos, 
retornarei ao pó (morto).''

by mghorta  (citando by mghorta)





14 de novembro de 2015

Profano Engano!



Fala-se por aí, sabido é aquele,
que sabe por lucidez,
diferenciar sexo e amor,
fantasmas do passado talvez.

Mesmo que apaixonante,
atracção invariável,
nunca a entrega do coração,
em confessas químicas confessáveis.

Lamentável erro para o poeta,
profano engano liberal,
tudo na vida o encanto extasia,
sexo e Amor de verdade eu faria!


by mghorta  (citando by mghorta)




E tudo foi Amor.


No silêncio do teu olhar,
minha boca calou-se para te beijar,
foste brisa. ..
abraço e história no meu corpo com emoção.
Bebi dos teus lábios os desejos de um sonho,
ouvi-te respirar com alma no teu coração,
soprando a vida em poemas,
perdido na razão,
com as asas perfumadas de poesia,
senti-te dentro de mim. ..
amei-te com toda a minha loucura.
E tudo foi Amor, nada mais que Amor.

(Citando by mghorta)


Beijo e mais Beijos . ..


Beijo e mais beijos, gosto de beijos de todos os tipos, beijo no rosto tipo de amiga querendo ser namorada, de estalos que até a alma sorri parecendo adolescente virando adulto, beijo na boca tipo apaixonado, beijo na testa como que dizendo para alguém ' deixa estar que vou te cuidar', tipo de marido para esposa ou de amigo para amiga, beijo na mão ao jeito de cavalheirismo como nos anos 50, como se dissesse. .. ' cada dia eu tenho mais a certeza de nós'.

Seja a forma como se dá beijo ou se beija, é uma forma de mostrar amor, uma forma de mostrar sentimentos, é tentar roubar e encher o interior de cada envolvido, é uma declaração de amor completo, e quando dado com o coração é mostra universal de quem se gosta.

by mghorta

11 de novembro de 2015

Atitude!






De FRASES

Muitas Mulheres!


Que importa ter muitas mulheres ao nosso redor,
se dentre delas não temos a mulher que amamos.




De mixordiapoetica

Arames da Vida!


Olha meus traços.
olha minhas tristezas,
arames da Vida por agarrar,
indícios das minha fraquezas.

by mghorta 


De mixordiapoetica


Mulher Musica


Tão simples e menina.
tão moça e tão linda,
já tão mulher
que seu corpo jorra poesia.

Seu pequeno coração,
faz jorrar sorrisos no céu,
vive querendo voar
tal como avião de papel.

Espalha charme,
tão cheia de paixão.
tão viva, tão bela, tão vento.
ao mesmo tempo vulcão.

Soletra musica,
escreve linhas cambaleando,
doce como anjo,
seu nome vou amando.

by mghorta




De Preto e branco


3 de novembro de 2015

Marcas!


Tem quem faça marcas na pele, outros na alma, mas as minhas tatuagens ficam como marcas no corpo e no tempo, marcas que ficam sem precisar de estarem fisicamente visíveis. ..


São momentos, gestos, caricias, beijos, amassos, gozo, orgasmos que ficam gravados para sempre na memória, no coração, no corpo e na alma.


Tem pessoas que permanecerão para sempre dentro de mim, haverá o cheiro do perfume que senti ao beijar o peito de G, a cor vermelha da intimidade de M que usou naquela menage, o vinho de F que derramou em minha boca e bebeu no meu sexo, a música que ouvi quando trepei em C...


A lembrança está no sabor do gozo da primeira viagem, teve tanto de proibido, tanto de perigoso como de delicioso.


Marcadas na memória de promessas virtuais com orgasmos em simultâneo que nunca aconteceram no real.





Marcado eu fui pela velocidade, intensidade, cumplicidade, afinidade (ou falta dela), das cores, do sabor, do calor, dos cheiros sexuados, das texturas e das vozes, tudo ficou marcado em mim.



Marcas antigas, bem como marcas novas, a dois, tão inesquecível o desejo constante como que gritando por um novo estilo de marcação como que desejando mudar de vida, e assim a vida nos prega rasteiras e marca o que não é opção, mas sim um desejo de coração.


Fica sempre o desejo de uma nova marca, que fique expressa fisicamente no que a alma já possuiu gravada para sempre, com isso fico gravado sem duvidas, sem medos, definitivamente inteiro e sem retorno.

by mghorta  (citando by mghorta)

Roupas no Chão!






Sentado observo
teu corpo de violão,
bebo vinho tinto
desejando tuas roupas no chão.





Olhar penetrante,
corpo de tesão,
sorris maldosamente
desejo tuas roupas no chão.




Somos Uno,
corpos vulcanizados,
entrelaçados com gozo,
jogas tuas roupas no chão.






Do virtual passou a real,
deixou de ser canção,
luxúria e pecado,
desejo tuas roupas no chão.

by mghorta (citando Mamas à Solta)