4 de outubro de 2015

CTRL + ALT = DELETE


Hoje é Domingo,
de novo mês e eu sou novo eu,
terminado o Verão, chegou o Outono,
com este veio o cheiro da solidão.

Por onde andei todo este tempo,
o que fiz em prol de mim?
Que histórias terei para contar!

Apenas sei que existi,
sem alegrias e com dores,
decidir o que vai ser no futuro,
sobre por onde passarei ou o que farei,
aí vai ser preciso ter coragem para decidir.

Em face dos avanços e recuos,
me perco, me reencontro,
me desfaço ou invento,
circulo sem motivação,
afinal de contas o que vou querer!

Confuso, louco,
sou tanto paixão como frustração,
dasss como ser feliz além de trabalho,
dá em loucura.

Fiz e sinto a sensação que nada fiz,
silêncios e mudez em meu redor, 
não vou querer mais,
olho-me e vejo-me abandonado,
recuos sem volta e não sei para onde vou.

Forças para ir com o vento,
não morra em mim o desejo de voar,
sou ciclo intermitente,
fica a vontade de recomeçar,
sejam quantas vezes eu precisar.

by mghorta


Sem comentários:

Enviar um comentário