5 de maio de 2015

Só Eu não sei quem Sou...



Pela certeza, já não sei quem sou,

calculei me avaliar,
nem sempre encontro um sorriso,
meu paraíso é louco,
toda a gente cria conceitos,
só eu já não sei quem sou.

Meninas, bruxas e fadas,

pareço palhaço mas visto-me de homem,
contar piadas é meu lema,
sonhos ficam dentro do meu travesseiro.

Pela certeza, já não sei quem sou,

calculei me avaliar,
nem sempre encontro um sorriso,
meu paraíso é louco,
toda a gente cria conceitos,
só eu já não sei quem sou.

Pergunto o que existe para lá da vida,

de onde vim e para onde vou,
deve ter uma saída para tudo,
na verdade ninguém o sabe,
porque não sabem o que é a vida.

Idosos são como crianças faz tempo,

com água e farinha se fazem tolos,
esmola é palavrão comum,
tambor em meu peito faz batuque no meu coração.

Pela certeza, já não sei quem sou,

calculei me avaliar,
nem sempre encontro um sorriso,
meu paraíso é louco,
toda a gente cria conceitos,
só eu já não sei quem sou.

Olho no espelho e vejo,

quando choro, 
um olho sorri outro lacrimeja,
tem loucos saltando à corda,
tem corpos pegando doenças,
todos trepam menos eu,
muito sentem ausência.

Meninas, bruxas e fadas,

pareço palhaço mas visto-me de homem,
contar piadas é meu lema,
sonhos ficam dentro do meu travesseiro,
só eu já não sei quem sou.

by mghorta   ( escrito aos 6 de Março do ano 2014 )



2 comentários:

  1. Anónimo20:34

    O riso, o sorriso, as piadas, as gargalhadas escondem dores dos palhaços da vida e não há dúvida que palhaços somos todos quando conseguimos passar por cima da dor, quando conseguimos converter a dor em alegria. Parabéns. Belo texto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. '' Dos palhaços da Vida''

      Só ultrapassam as dores os fortes,
      e fazer da dor alegria só mesmo os que vencem.

      OBG

      Eliminar