3 de abril de 2015

Saudades de mim...



Um dia procurarás nos meus escritos,
desde o anoitecer ao alvorecer,
apenas encontrarás sílabas surdas,
suscitarás por onde ando,
mas nada mais que o silêncio ouvirás,
a própria natureza escrita te negará ver,
olharás o céu estrelado e perguntarás,
por onde caminhar para te encontrar?

Serão inúteis e vãos teus esforços

porque minhas pegadas apagarei com dor.

A saudade de mim falará mais alto,

teu coração se transformará em chagas,
não porque eu tivesse sido importante,
mas somente porque fui um fardo na tua vida,
entretanto nos teus momentos de vida,
apenas encontrarás o vazio,
as lembranças se acercarão de teu coração,
lágrimas verterás de saudade de mim.

by mghorta



Sem comentários:

Enviar um comentário