10 de abril de 2015

Carta para uma Amiga.



De ti nada tenho lido, mas sinto que o medo te invade a todo o momento, sempre com insegurança do futuro e das decisões tomadas, poderia talvez de a classificar como sendo egoísmo da tua parte, mas não o faço dado que é cedo demais para saber o que um dia poderá nos trazer lá longe num tempo certo. Pensei to dizer publicamente, coisas bonitas, coisas com esperança, coisas que dessem de uma certa forma força, sim coisas que só os bons amigos fazem, ou pelos menos aqueles que te desejam bem, mas não tive a coragem de o fazer até porque nem sei como o abordar.

Muito fácil falar, muito fácil criticar, mas para quem é crente basta estas palavras: ''Vai com Deus, ele te guiará''.

Mas quem sou eu para te dizer algo nesse sentido, não acredito nem sequer professo qualquer doutrina, a que possuo é muito minha e não a posso instituir a outros, seria mentiroso se o fizesse para que acreditasses, por tal tudo o que poderia dizer nesse sentido seriam falsas promessas. Pior que isso, era se te dissesse coisas que te confortem o coração como desejarias, porque aquilo que conheço de ti é muito pouco para fazer uma fotografia total, mas somente me basta saber que sofres, estás a passar uma cruz que não sabes se a poderás levar até ao calvário...

As diferenças que temos, sociais ou pessoais, essas mo fazem dizer com a experiência vivida que mudanças são precisas para estarmos bem com nós próprios, mesmo que elas nos levem a um rumo incrivelmente diferente, novo para ti mas velho para mim, esse estado quase-desconhecido e terrivelmente tenebroso, apesar de excitante só pode ser tomado a sério se deixares de olhar para o lado ou para trás tal como a mulher de Ló, não tendo eu sabedoria de Salomão para te aconselhar ou compartilhar, quero que somente sejas tu a tomar as decisões certas no momento certo e no tempo oportunamente à tua frente.

Acrescentando, o que mais poderei te dizer, que sigas serena, usando a força sobrenatural que a Vida te pode dar, de alma aberta e de coração tranquilo para que possas aguentar todas as adversidades que na tua frente advirão de todas as decisões que poderás ainda que tomar. Vais certamente ter alturas de muito choro, isso é natural e lava a alma, chorarás de saudade, e até de arrependimento do sucedido, o melhor mesmo é que chores mas as decisões já tomadas, essas será tuas companheiras por todo o tempo que caminharás à frente, nada de recuos. A idade madura e da vivência já vivida, será suporte para as dores que advirão de todos os acontecimentos em tua Vida. Poderá ser que te doa muitas e algumas vezes, não por falta de cultura, mas sim porque tudo será diferente, não só porque as pessoas que estarão em teu redor sejam diferentes e outras, também por causa da nova convivência com essas mesmas diferentes, mas olharás no espelho e notarás a falta das velhas amizades, dos velhos amores, dos velhos momentos, dos velhos hábitos de trabalho, tudo será velho e terás que viver com essa realidade, mas quando te olhares mais que uma vez no espelho, terás que repetir inúmeras vezes e as que quiseres para que serás forte e tudo irá dar certo, conta contigo própria e segue teus trilhos na frente.

Naturalmente, vais amar as mudanças, as diferenças no começo, mas depois com o tempo tudo dissipará e depois passarás para um estado de graça e verás que os defeitos de antes foram esquecidos, acredita em ti. Saberás que isso só serão impressões que teu estado de alma vai colocando nas coisas, e aí notarás e terás o livre arbítrio de julgar com a distância, essa distância que vai demorar muito para acontecer, mas será uma certeza para teu sucesso.

Suscitarás se por ventura irá dar certo, aqui é que tu poderás responder, não serão outros que to dirão: '' Quem sabe?'' '' Sim, irá dar tudo certo!''

Não existe formulários nem livros para to dizerem, mas para mim a distância que existirá, não só entre mim e ti, bem como todos os que te rodeiam, isso será ponto assente, e seja certo ou errado, será o que ''Deus quiser...'' e no tempo certo os frutos virão, não só para sorrires de ti mesma, ou sorrir de todos os novos que te rodeiam, será o estado de graça que tanto ambicionas para ti e para quem estiver a teu lado no futuro recente ou próximo.

É por isso que não posso mais compartilhar contigo o que não sei, até porque sou falto de expressão e de aconselhamentos, isto porque as decisões por mim tomadas em tempo foram minhas, hoje são tuas, os meus defeitos não são os teus, as minhas qualidades não são parecidas com as tuas, e por mais que amigos sejamos, parecidos ou gémeos, serão as tuas decisões que irão prevalecer para sempre em tua Vida querida amiga.

Para o bem ou para o mal, vai, aventura-te e segue o que teu coração ditar, com remendos em tudo ou sem eles, tudo será teu e posso tomar partido disso, estando sempre deste lado para o bem e para o mal, conta comigo querida amiga e confia em mim, tudo irá dar certo no seu tempo devido.

Teu amigo eternamente.

by mghorta


Sem comentários:

Enviar um comentário