19 de março de 2015

Distância...


Por vezes o termo usado por homens e mulheres com dois dedos de testa, a distância é uma linguagem que jamais compreenderão por inteiro, aqui é que começa o âmago do problema quando se fala em despedidas e são simultaneamente ditas e ininterruptas, deixam uma dor no peito, sangue entre os dedos e um fogo indescritível.
O que começa como uma afectividade, acaba por se transformar numa necessidade indecifrável da alma.
Retornar ou voltar é sinónimo à partida, desta forma a partida é um pretexto para o regresso.
Colocando assim, ou aqui o problema desta forma simplificativa, partir é diferente de ir embora...

by mghorta


Sem comentários:

Enviar um comentário