30 de março de 2015

Sem retrocesso.



Melhor que ninguém para descrever a funesta consequência que um ciume doentio pode provocar, são dois trechos de Cervantes.

Vejamos:

  1. ''As grandes paixões, aquelas que chegam de repente, sempre trazem consigo suspeitas''.
  2. '' Se o ciume é sinal de amor, como querem alguns, é o mesmo que a febre enfermo. Ela é sinal de que ele vive, porém uma vida enfermica, maldisposta''.

Não te condeno por ter ciumes, mas quando exageradamente o demonstras é como podar a vida social de quem te admira, criando um fosso entre ambos levando a que a relação comece a denegrir, dando base ás hipóteses de uma mente fantasiosa e criando retrocesso no que desejaríamos.

Com o tempo aprendi que quem quer segurar algo fluido nas mãos, é como deixar passar a água pelos dedos. Pega uma taça com a mão e abriga nela o fluido liquido que desejas guardar, ele se transformará para teu deleite independentemente do seu teor.

O síndroma de Otelo, personagem de Shakespeare, é a figura que tens feito até agora, acabas por matar o amor que em nós existe, depois chorarás para sempre quando souberes que sempre te fui fiel, no entanto me perdeste para sempre.


Tuas percepções da realidade fazem instintivamente desencadear actos danosos, porque teu ciume doentio impera nos teus momentos, tua mente assume teorias conspiratórias fazendo tormento em copo de água onde não existe qualquer tempestade.

Olhando para trás nos séculos, temos a tragédia grega mitológica  que nos dá um ciclo como tratar isso. 
Édipo matou seu pai Laio e se casou com a amada Jocasta, entretanto descobre que ela era sua mãe. Por sua vez Édipo fura seus próprios olhos como tentado se interiorizar, Jocasta comete suicídio. 


O ciclo ciumento pode não ter fim, talvez até mesmo sem solução, na tragédia grega arriscamos a exemplificar que nos arriscamos a viver pecando, e com ele (pecado) nos vamos matando.




29 de março de 2015

Porque bebo!


Se não estou a ficar louco,
pouco vai faltando mesmo,
mas digo com franqueza,
passei a gostar desta loucura.

Louco pelo silêncio,

louco por amores,
que até confundo com amizade,
mas creio que não!

Mentiria se dissesse que não sonho,

és parte de meus pensamentos silenciosos.

Já não adianta dizer que estou apaixonado,

mas tudo o que esperava de ti,
deu em nada...
... nem tudo deu errado,
porque continuamos amigos
assim cresce sentimentos por ti.

Bebo para esquecer,

mas os sentimento são mais fortes,
e no coração ninguém manda.

Como sonhos comandam a vida,

sentado vou degustando orando a Bacus,
tudo dependente do futuro e tu!!!

by mghorta  (citando mghorta em Mamas à Solta)



28 de março de 2015

Correr riscos de Amor.


O amor é tratado como coisa banal, que até estamos sujeitos a estarmos enganados se pensarmos que  o amor é frágil, é algo que até os mais fracos e os realmente fortes e dotados de controle emocional não podem descartar e ficar imunes às desventuras do amor.
Tal e qual como o presente, aceitar desafios e correr riscos na aventura de amar, é somente acessível para pessoas corajosas.
O amor exige a todo o momento de nós o que a maioria dos envolvidos não está adequados ou dispostos a ter: maturidade.
Avaliar a nossa maturidade nos dá a força e adaptação para amar a valer, porque amar alguém é lindo, é maravilhoso sentir, entretanto é algo que deveremos ter em conta a todo o momento, carece de sentinela permanente pois o amor não sobrevive apenas aos pontos altos, os maus momentos também devem ter conta na verdadeira e forma de amar, aqui somente os aptos de amadurecimento sobrevivem às intempéries e constâncias da arte de amar.
É muito fácil amar quando tudo está bem, difícil é amar quando os riscos do amor começam a trilhar caminhos que de uma forma ou outra são motivos para cair, aqui é que devemos manter o equilíbrio certo e nas escolhas que fazemos para prosseguir com êxito para a outro estado em que somente a doçura do amor que existe em nós poderá complementarmos na plenitude do desafio que sabermos amar de verdade, saber amar é uma constante na arte de saber Amar.
Desta forma não poderemos sermos tolos, fracos ou ingénuos por termos depositado em alguém a esperança de que o amor prevaleça sem termos a plena confiança de saber amar, mesmo que esse alguém indiferente-mente não o tenha merecido, sejamos fortes para conseguir tirar dela o melhor que o amor possuiu.
Muitos no mundo cheio de atrocidades e desamor, pagariam o preço verdadeiro para ter a coragem existencial para viver o amor que temos, não ter vergonha de assumir, ter a nobreza de se expor ao amor, porque somente os nobres de coração estão dispostos a correr os riscos de amar verdadeiramente.

by mghorta


Saudades!


Assumir uma saudade é um acto de coragem, caso não a manifestemos (saudades) corremos o risco de cair em ciladas tais como a indiferença, a raiva e o desamor, aqui esses sentimentos magoam mais que uns estalos na face, pois fazem desaparecer as boas lembranças de tudo que foi importante em nós, de tudo que era belo, laços que um dia consideramos como eternos...
Já a saudade, essa corrói de dia e noite, o corpo, a alma, o coração entristecem de uma forma que ficamos duros, por reconhecermos que as pessoas que passaram nas nossas vidas não são descartáveis, algumas dessas pessoas fazem parte da nossa história de vida, sejam novas ou até mesmo passadas, todo o jeito de que foram pedras no nosso quotidiano, trouxeram pedacinhos delas que ficaram sequelas em nós para todo o sempre, desta forma anulamos todas as tentativas do esquecimento desses marcos que são num dia  motivos para termos saudades. 

by mghorta 


Sonhos...


Pelos sonhos vamos,
mudos e comovidos.
talvez chegamos ou não,
tenha ou não tenha razões,
pelos sonhos que sonhamos,
basta a fé no que temos,
basta a esperança nas coisas
que talvez nunca teremos,
damos a alma com alegria
no desconhecido do dia,
talvez chegamos ou não,
somos, partimos e vamos...

by mghorta   (citando Sebastião Gama)


27 de março de 2015

A ponte é uma passagem...



... as palavras 'Ir Embora'  que deveriam ser de alivio, são quase sempre interpretadas pelas pessoas e pela sua mente de uma forma tão baralhada que causa um efeito de total desconforto, tal como uma flecha sem misericórdia no peito de quem as professa, tal como passar a ponte para a outra margem.

by mghorta




Extrovertido eu Sei.


Tem gente tímida e gente extrovertida,
uns que falam pouco e outros que falam muito,
tem gente que escreve diário e fecha-o a sete chaves,
outros que escrevem e perduram num blogue o dia a dia,
tem gente que não se mostra, outra gente que se expõe.

No interino é tudo gente, gente do mesmo jeito e feitio,
não tem aqui no contexto nem certos nem errados,
somente gente com temperamentos diferentes.

Respeite-me se sou diferente,
mesmo que não concorde,
não olhe para si como padrão.

No final de contas,
eu Sei que sou Extrovertido. 

by mghorta


Sou...


Sou mudo de prosa numa rima forçada,
com raiva nos dedos, preso e acorrentado,
senão houver nem poema nem arte,
ficam as palavras a iludir a verdade.

Segurando o verso, perco o verbo,
e a farsa disfarça... a farsa,
não me sinto se subo ou desço,
não quero sentir de novo, por isso me quedo.

Sinto-me pesado como a terra,
debaixo de um céu de segredo,
na cinzenta esfera, mais parece inferno,
não sou alto nem baixo, sou apenas degredos. 

by mghorta


22 de março de 2015

Baloiço dos sonhos.


No jardim de minha infância
um baloiço deixou lembranças,
lá ficaram os sonhos de menino,
balouçando fantasias de criança.

Em menino no baloiço cantava,
os sons se espalharam pelo jardim,
quanto mais o baloiço balançava,
mais alto cantava o menino.

O menino não falava de amores,
apenas brincava a balançar,
ia sorrindo para as flores,
e somente vivia a sonhar.

O menino deixou de ser criança,
não morreu dentro dele o menino,
queria de novo ter o baloiço que balança,
mas o baloiço já não está mais naquele jardim.

by mghorta


19 de março de 2015

Distância...


Por vezes o termo usado por homens e mulheres com dois dedos de testa, a distância é uma linguagem que jamais compreenderão por inteiro, aqui é que começa o âmago do problema quando se fala em despedidas e são simultaneamente ditas e ininterruptas, deixam uma dor no peito, sangue entre os dedos e um fogo indescritível.
O que começa como uma afectividade, acaba por se transformar numa necessidade indecifrável da alma.
Retornar ou voltar é sinónimo à partida, desta forma a partida é um pretexto para o regresso.
Colocando assim, ou aqui o problema desta forma simplificativa, partir é diferente de ir embora...

by mghorta


Tamanhos!!!



Uns assim e ouros assado, entre uma má_zinha e uma boa_zona apenas há diferença de tamanhos né?


Transparências...




É inútil que me trates com deselegância, que te escondas aos meus olhos, porque estarás sempre despida, completamente despida, eternamente nua.

by mghorta



Nada é como antes...


Desde a primeira vez que ela partiu,
sem deixar as marcas do seu batom,
nem sequer os aromas do seu perfume,
deixando-o sem rumo e na incerteza,
nem sequer o toque de suas mãos
e a sua silhueta se esfumou longe,
que mal ele teria feito para que tal
tivesse acontecido no tempo...
Não, não mo faças mais nunca.

by mghorta


Escolhas...



A  Vida  é  feita de  escolhas,
por tal vamos tentar acertar!!!

8 de março de 2015

Mulher.


Dispam-se  de preconceitos,
deixem a nu seus anseios,
deixem fluir os desejos,
no calor que invade os corpos,
amem sem tabus,
sem limitações,
onde a regra total
é serem felizes.

by mghorta





6 de março de 2015

Anjo no Paraíso!



Talvez um dia eu possa realmente escrever o que és ou simplesmente pensar em ti a toda hora, minuto e segundo, mas agora depois de tanto pensar não posso dizer o conteúdo do teu ser em poucas palavras.

Poderia dizer palavras e palavras carinhosas, meigas e doces, e para somente te descrever a forma como te vejo, ficaria falando e falando...


Não consigo, não tenho forma nem jeito, muito menos como escrever sobre ti, mas as poucas palavras que escrevo são fantásticas o que torna tudo mais simples e belo, o que talvez torne o meu querer em ter os pés assentes no chão, acreditar em teu ser e no nosso amor, e isso vai além de tudo em que nem a beleza humana é obstáculo para descrever sobre ti meu anjo.

Por fim, deliberadamente poderei dizer que tu és tudo, o infinito, o universo do meu modo de estar, o que se torna de uma certa forma fabulástico, e para não fugir às regras somos um reflexo do mundo que nos rodeia, em que tu apenas és uma peça deste tudo que poderei escrever...

Mas não quero recordar deste vazio, não será digno, mesmo que longe de mim eu apenas posso dizer que te amo pela pessoa que és, com todas imperfeições e virtudes, porque tens o dom de transformar qualquer lugar e momento em um Paraíso.

by mghorta


Beijos com Batom!





Generosidade!



Generosidade é a virtude em que a pessoa ou o animal tem quando acrescenta algo ao próximo.
Generosidade se aplica também quando a pessoa dá algo a alguém quando tem o suficiente para dividir ou não.
Não se limita apenas em bem materiais.
Generosos são tanto as pessoas que se sentem bem em dividir um tesouro com mais pessoas por isso as fará bem, tanto quanto aquela pessoa que dividirá um tempo agradável para outros sem a necessidade de receber algo... 

by wikipédia


Devaneios...



De FRASES

Tão Sozinho!



Ás vezes no silêncio da noite,
fico imaginando nós dois,
eu aqui sonhando acordado,
pensando o antes, agora e amanha.

Por vezes me sinto tão solto,
porque não te colas em mim,
porque me deixas tão sozinho?

Não sou nem quero ser teu dono,
mas teus carinhos caiem tão bem em mim,
tenho meus desejos e planos secretos,
só te conto para ti e mais ninguém.

Não, não te vais embora,
não me esqueças nunca...

Quando a gente se gosta,
é natural que nos cuidamos,
fala para mim amor,
mas não da boca para fora!

by mghorta   (citando Caetano Veloso)







4 de março de 2015

Já não sei escrever...


... já não sei escrever,
perdoa-me a falta de inspiração,
senti vontade de me expor,
por faltas de meu coração.

Cada momento é um facto,
tua submissão e olhar de sonho,
teus cabelos e perfumes,
teus lábios são fonte de ciume.

Teu corpo suporte para meus braços,
teu sorriso acalenta o ambiente,
tuas mãos e minhas são uma,
teu suspirar me enlouquece e seduz.

Esconde-me nos tumultos sonhados,
faz-me acreditar que vem o Verão,
não ficaremos apenas pelos sonhos,
não nos deixemos ficar sós em solidão.

by mghorta  (Citando by mghorta)




3 de março de 2015

Hoje preciso do teu abraço...




Milagre da Vida.


É preciso correr riscos,
Só entendemos direito o milagre da Vida 
quando deixamos que o inesperado aconteça.



Mistério das Estrelas.



Olhei para lá da vidraça e vi estrelas, milhares delas brilhando como manto de sonhos de apaixonados, moradia de princesas e rainhas.

Fico sabendo que elas estão sempre lá, mesmo que por momentos as nuvens tenebrosas da Vida do Universo conflituoso as escondem, temperamental-mente elas estão sempre no circuito celestial brilhando, de uma forma ou outra elas voltam para iluminar a cidade que teimosamente brilha em contraste, e na hora certa elas embelezam a noite dando esperança aos apaixonados e abrigando os sonhadores como que contando histórias de Amor.

Por fim concluo que é este o mesmo céu que contemplo, e sob ele estás em qualquer lugar e em qualquer momento olhando também a beleza e o mistério que nelas se escondem.

Faço assim das estrelas olhos teus, se por qualquer razão te lembrares de  mim e tiveres uma réstia de saudade, olha para elas (estrelas) e vê minha tristeza nelas estampada.

by mghorta


2 de março de 2015

Musa do Poeta.



Cair em graça...




Segredo da Vida.




Lágrimas.





A vida é um filme.





Despido...




Apaixonado.




Labirinto.




Dor na Alma !



De FRASES


1 de março de 2015

Queimo como Pimenta!


Não me pareço como um burro,
poderei parecer por vezes lento,
tento é não estar parado,
porque a Vida se movimenta.

De tantas tentativas fantasiosas,
é um disfarce que me acalenta,
inutilmente perdendo o controle,
mantenho-me vivo e aguento!

Vida é agre e doce,
Vida queima como pimenta,
tem momentos perdida nas mãos,
passando a ficar até violenta.

Passada a tormenta acalma,
abraça, dá colo e alimenta,
refrescante quanto baste,
por vezes queimo como pimenta!

by mghorta


Pouco importa...



Fico com a ideia que não vem mais ao caso,
onde e porque erramos...

Onde e quando demos o passo em falso,
e o nosso caso terminou...

Pouco mais importa,
onde ficaram as pegadas marcadas...

O que passou passou e jamais volta,
todas as marcas foram apagadas pele maré...

Acho que pouca diferença faz,
tantas promessas de amizade sob o Sol...

Teu perfume perdeu essência
no meu interior com muita pena minha...

Perdeu toda a relevância
onde tudo começou e terminou...

Onde foi no tempo que fomos amigos,
pouco isso importa agora uma vez que terminou!

by mghorta


Para sempre...



Mesmo que a gente nunca mais teclamos, nem mais se encontremos, mesmo que nossos lábios não se toquem, nossos abraços deixem-se se dar, mesmo que tua voz não ouça mais...

Ainda assim eu vou recordar os momentos, vou mesmo assim saber teu nome, lembrar teu rosto e todos os momentos que sorrimos, na minha mente congestionada de lembranças e sonhos, meu coração repleto de marcas e poços, tu estarás sempre no lugar mais sagrado e bonito em mim.

by mghorta


Deus protege os Casais.



Meu bem, sei que Deus protege os casais,
semeia trigais de ternura na pele,
para que o amor sele as marcas da procura,
então, na hora em que a gente for dormir,
façamos jus aos cuidados do Senhor,
por favor, acenda-me quando apagar a Luz!

@ - Oração dos Casais. 


Primavera.



Já estão a brotar as flores,
com elas o cheiro da saudade,
saudades marcadas pela tua ausência,
que começa apertar meu peito...

Cada instante que passa,
parecem eternidade sem fim...

Nunca pensei que doesse tanto,
a falta de teu carinho amor,
dos teus sorrisos,
da tua voz,
do teu calor...

Quero acreditar que é apenas
uma pequena ausência de ti,
este tempo que nos separa...

Não te esqueças de mim,
estarei por perto aqui,
de tudo que partilhamos,
que não seja esquecido...

Vem  sim com a Primavera Amor.

by mghorta



Louca paixão.



Inexplicáveis desejos,
proibição no querer,
descobrindo-te na forma melhor 
é o que meu coração pede,
na junção de prazeres.

Saciando-me com tuas caricias,
molhado de teus beijos,
impregnados em corpo uno.

Alimentado-me por inteiro,
dos teus dotes corporais,
sexuando sem pudores,
tuas loucuras ao êxtase total.

Em momentos descrevo,
meu pulsar ardente,
numa louca paixão.

by mghorta   
   Fonte