27 de fevereiro de 2015

Silêncio dos amantes !


'Engana-se quem julga que o silêncio não é sinal de amor, o silêncio revela muito, muitas das vezes não falamos porque pensamos no outro, e assim  acabamos por deixar que o nosso silêncio fale por nós...'

Os que se silenciam também se amam, silenciam-se as palavras, bocas mudas não contradizem o que os corações mandam, abrem-se feridas com o passar do tempo, mas ainda continuam amar.

Sombras e temporais invadem o silêncio das almas gémeas, podem se calar as palavras mas os corações ainda se amam.

Tantas palavras proferidas, mas hoje o silêncio calou as nossas bocas mas não deixam de se amar, se preferirem deixar de lutar, o silêncio poderá ser matador.

Ficaram palavras reservadas guardadas para falar, talvez não mudasse nada aos as ouvirem, mas respeitam os sentimentos de ambos, por isso se mantêm silenciados um do outro para que ambos saibam que no futuro muito terão para dizer um ao outro após o silêncio arrebatador.

Poderiam até escrever cartas de amor, com lindas palavras declaradas, mas preferem as guardar para depois.

Optam por tentar esquecer os momentos curtos vividos naquele dia soalheiro, mesmo estando com os corações partidos ambos reconhecem que não podem se silenciar de vez, entendem em que muitas das vezes lutar por amor apesar do silêncio poderá ser recompensador.

by mghorta


Sem comentários:

Enviar um comentário