16 de janeiro de 2015

Jardim dos Deuses.



Que faria agora se
estivesses na minha intimidade só...
com tua pele e tua roupa...

Não sei por onde começaria,
talvez por beijar tua boca,
apertar tua cintura,
deixar minhas mãos correr
numa louca ansiosa procura
pelo teu Universo,
para sentir nascer a fonte
desse prazer que anseio...

Talvez morder tua língua,
ou quem sabe
teus lábios,
ou teu pescoço
lambendo tuas orelhas...

Ah!
Mas não esqueceria teus seios,
seus bicos duros
morderia como amendoim doce,
numa saliva de mel
com sabor de Amor...

Não sei por onde começaria,
mas de certeza que te despiria
para nosso conforto...

(Emílio Casanova)


Sem comentários:

Enviar um comentário