16 de janeiro de 2015

Fogo...



Fogo que incendeias minha Alma,
dando calor ao meu corpo,
sinto arder uma chama,
chama tal que me derruba.

Fogo que iluminas meu caminho,
mostra-me ao longe o horizonte,
mesmo que nublado esteja,
quero entrar ardendo no teu Corpo.

Fogo que matas e destróis,
corróis minhas entranhas,
queda-te para lá inferno,
quero-te presente em ténue chama,
chama calma sem queimar
meus pensamentos,
mas não arrefeças meu corpo Fogo...

by mghorta


Sem comentários:

Enviar um comentário