24 de janeiro de 2015

Amanha é Outro Dia.

Chama, chama por mim,
não importa as intenções,
quero teus restos de amor,
saborear teu corpo, tua carne.

Se um dia te apetecer ligar,
liga e fala daqueles momentos,
quanto te lembrares sente meu sabor,
braços correndo teu corpo.

Amanhã é outro dia outra paixão,
fizeste-me sentir diferenças,
quero acordar à noite e fazer sexo contigo,
acordar pela manhã ter acalmia em meu coração.

Lembra do que deixaste na despedida,
risos amarelos no canto da boca,
não recordo se foi dia ou noite,
acho que nem sequer dissemos adeus.

Por isso recordamos todas as madrugadas,
abraços sentidos, caricias em nossos corpos uno,
precisamos do calor, das loucuras,
porque amanha virá as sombras da solidão.

by mghorta    (mamasàsolta)



Sem comentários:

Enviar um comentário